Acordei e Ele não Estava

Quando nos deparamos com alguma situação que não estamos preparados, como aconteceu com a Eliza no vídeo acima, acabamos tomando atitudes impensadas, direcionado pelo nosso emocional. Se tivéssemos tempo para nos reestruturar e usar nosso lado racional provavelmente repensaríamos nossos atos impulsivos.

A adrenalina e o cortisol (hormônios do estresse) não podem tomar decisões por você, pois trazem resultados desastrosos com consequências desagradáveis.

Mas como saber administrar uma situação inesperada?

Respire fundo – A maioria das pessoas não tem consciência do que o oxigênio pode fazer pelo cérebro, clareando as ideias, abaixando a ansiedade e outras emoções que estejam lhe desequilibrando.

Organize suas ideias – Administre suas emoções, principalmente as que lhe fariam tomar atitudes precipitadas.

Avalie sua Responsabilidade – Não estou falando sobre culpa, mas sim qual é a sua parte de responsabilidade sobre o que aconteceu. Pode parecer impossível, mas sabendo sua parte lhe ajudará a amenizar muitas emoções negativas, como exemplo a raiva, diminuindo um grande peso nos seus ombros.

Decida qual atitude tomar – Baseando-se nas consequências de cada uma das suas decisões.

Reveja o que aconteceu – Perceba o que aprendeu com o acontecido. Mesmo nas piores situações tiramos grandes ensinamentos.

Esse exemplo pode não ter acontecido com você, mas nas situações inesperadas é importante saber como se reequilibrar, administrar suas ideias para conduzir a situação obtendo melhores resultados.

Tenha uma ótima semana!

Você também pode gostar

Deixe um Comentário

Devido ao grande número de comentários recebidos nas postagens, criei o SOS RELACIONAMENTOS para poder lhe ajudar da melhor forma, saiba mais e tenha sua dúvida respondida clicando aqui.