Como parar de procrastinar com EFT

Como parar de procrastinar com EFT

Apesar de muita gente ver assim, procrastinação não é preguiça. Também não é má vontade ou desinteresse. Embora sentir preguiça de vez em quando nem seja algo ruim, afinal ela tem a sua função. Mas aqui queremos falar da procrastinação que, invariavelmente, pode estar junto à autossabotagem. Para ambos os casos a EFT pode ajudar.

De fato, procrastinar é deixar de fazer algo importante. É aquele hábito de deixar para amanhã aquilo que você poderia fazer agora. Normalmente tem relação com atitudes que poderiam beneficiar sua vida. Daí surge a parceria com a autossabotagem.

Antes que você se pergunte: se é algo benéfico que precisa ser feito, quais as motivações que nos impedem de agir? Nós respondemos. Tem relação com suas crenças limitantes. Geralmente crenças de não merecimento, incompetência pessoal ou não aceitação.

 

Que tal fazermos um exercício?

Já que você chegou até aqui, nada melhor do que colocar em prática tudo o que temos conversado sobre EFT nesse e nos outros artigos. Portanto, é preciso que você tenha uns minutinhos diários para dedicar-se a você mesmo. Esse exercício pode ser feito diariamente e irá ajuda-lo muito a parar de procrastinar.

  1. Anote no papel tudo aquilo que você sabe que precisa fazer, mas que por algum motivo que você desconhece, ainda não realizou. Pode ser desde lavar louça até preparar aquela apresentação do projeto que vai mudar a sua vida! Se forem ambas as coisas, anote também.
  2. 2. Contudo, observe que ao anotar cada uma dessas tarefas, deve ter surgido algum desconforto. Seja físico ou emocional. Conta inclusive aquele ajeitar-se na cadeira. Anote ao lado de cada uma dessas tarefas o tal desconforto que surgiu.
  3. Observe suas anotações e enumere por ordem de prioridades, o que precisa ser feito.

 

Aplicando o EFT contra a procrastinação

Com o intuito de ajudar a autoaplicação, citamos como exemplo a experiência de Olivia. Vale lembrar que o EFT é uma técnica poderosa de liberação emocional, e terá melhores resultados se feito com constância e acompanhamento de um terapeuta capacitado em EFT. Pois o EFT pode ser considerado um tratamento de limpeza das camadas energéticas mais profundas, liberando acesso a traumas e crenças limitantes, que nem sempre damos conseguimos resolver sozinhos.

Voltando para o caso de Olivia: Toda vez que ela tem uma reunião de vendas, portanto precisa preparar uma apresentação cheia de argumentos convincentes, ela deixa para última hora. 

Dessa forma, quando não tem mais como fugir, ela não fica quieta na cadeira. Começa o ritual de tomar café, ir ao banheiro e não se concentrar. Assim, fica nervosa e se enrola, ganhando uma enxaqueca e dor no estômago. Enquanto na apresentação, deixa de incluir números que talvez ajudassem no fechamento de um negócio de forma mais rápida. 

Agora que já identificamos a situação problema de Olivia, seguimos com a aplicação de tapping. Que para quem está chegando agora, o tapping é uma vertente do EFT para resolver questões ou incômodos pontuais.

No ponto do karatê:

Começamos com Olivia estimulando o ponto do karatê dando batidinhas com os 4 dedos, enquanto verbalizava:

 “Apesar de estar sentindo uma grande dor de cabeça e um desconforto enorme por conta de uma apresentação de trabalho que preciso fazer, eu me amo, me aceito e me respeito profundamente e completamente”.

Ela repetiu a frase quantas vezes sentiu vontade, entrando em contato com aquela sensação desagradável de dor e preocupação. Seguimos para o próximo meridiano.

Ponto no topo da cabeça

Enquanto Olivia batia com os dedos o topo da cabeça, começou a falar tudo de negativo que estava sentindo naquele momento. 

– “Estou com muita dor de cabeça, não consigo pensar direito. Quero sair da frente do computador. Mas eu preciso fazer essa apresentação para o trabalho. É uma possível venda bacana, importante, que vai me render um bom dinheiro.”

Ponto da sobrancelha

Seguiu estimulando um dos pontos da sobrancelha, agora batendo com apenas 2 dedos, enquanto continuava:

– “Só que eu não me sinto confiante para essa reunião. Será que eu estou a altura desse projeto? Acho que vão rir de mim, me julgarem incompetente. Vão achar que a empresa mandou a pessoa errada, que não estava preparada.”

Ponto ao lado do olho

Ainda com 2 dedos, Olivia seguiu no tapping na lateral de um dos olhos, estimulando o ponto, enquanto dizia:

– “Tenho medo deles terem razão e eu ser uma má profissional. Aí a empresa vai me demitir. E eu vou ficar desempregada. E tenho muitas dívidas e contas atrasadas. Esse dinheiro da venda viria numa ótima hora. Mas eu não sei se sou capaz.”

Tapping nos demais meridianos

Dessa forma, verbalizando em voz alta, Olivia foi colocando para fora todo o incômodo que estava sentindo. Desbloqueando os fluxos energéticos pelos 9 pontos do EFT. No último meridiano, aquele em baixo da axila, finalizou a primeira rodada com:

– “(…) E essa dor de cabeça muito chata que não passa. E essa dor de cabeça muito chata. E essa dor de cabeça, essa dor de cabeça, essa dor de cabeça,…”

Ao final dessa primeira rodada, Olivia contou ter se sentido melhor. A autoaplicação aconteceu no banheiro da empresa, porque não podia procrastinar mais e começou a ficar muito ansiosa, então recorreu ao uso do tapping. 

Quais efeitos colaterais?

Como se sabe não há efeitos colaterais no EFT ou no tapping. Porém, algumas reações físicas e/ ou emocionais podem ocorrer. No caso de Olivia, que optou por um local fechado onde se sentiu segura para autoaplicação, ela disse que arrotou bastante e no final estava se sentindo mais calma e emocionada. De forma que ficou longe dos olhares curiosos dos colegas de trabalho e de ser interrompida durante o processo. 

Porém, ao fazer essa autoaplicação, ela percebeu que falou bastante em não se sentir competente o suficiente e que tinha medo de ser reprovada pelos seus superiores. E isso ela trouxe para o consultório onde trabalhamos com EFT numa sequência mais profunda, desenvolvendo as origens de suas crenças limitantes.

 

E você? Qual a sua dificuldade que gostaria de resolver com o EFT? Conte para gente!

Você também pode gostar

Deixe um Comentário

Devido ao grande número de comentários recebidos nas postagens, criei o SOS RELACIONAMENTOS para poder lhe ajudar da melhor forma, saiba mais e tenha sua dúvida respondida clicando aqui.