O medo de AMAR novamente

O medo de AMAR novamente

A maioria das pessoas que já tiveram alguma decepção amorosa acabam desenvolvendo um terrível medo de amar novamente, o que com certeza é um grande bloqueio para que isto aconteça.

Como pode um sentimento tão sublime estar ao lado do medo?

Quando amamos nos sentimos plenos e não conseguimos esconder, pois está demonstrado em nossa vitalidade e estampado em nosso rosto. Nos sentimos leves e o universo responde a esta sensação nos presenteando com dias lindos, pois é só o que nossos olhos conseguem ver.

Ao mesmo tempo estamos entregues ao ser amado. Não quero dizer que o amor está ligado à perda da razão, apesar de acontecer com muitos. Quando digo entregues é no sentido de estar desnudo, em que permitimos ao outro conhecer nossos pensamentos mais íntimos, é o que presenteamos à pessoa que nos faz transbordar com nosso sentimento mais nobre.

E onde se encaixa o medo? Sempre digo que o medo é um breque de mão e com ele seguem-se as crenças:

“Ninguém nunca é feliz no amor”,

“O amor sempre acaba”,

“Não existe amor sincero”.

Crenças irracionais que tem o poder de bloquear qualquer manifestação de felicidade ou prazer e afastar para longe alguém que tenha a pretensão de nos fazer sentir assim.

Se pararmos para pensar veremos que na verdade este medo é por achar que se não estiver com alguém não estará completo ou estará só. Nos dois casos pense que ninguém pode lhe completar, mas sim somar e que existe uma enorme diferença entre solidão e solitude. Este medo se afastará e desaparecerá a partir do momento que desenvolver sua capacidade de estar só.

Aprenda com sua solitude, este sentimento prazeroso que encherá seu coração de luz.

Sabendo desenvolver a sabedoria de estar com você mesmo, você afastará o bicho papão do medo, aquele que nos assombra com a escuridão da solidão. Como disse Nietzche, “Odeio quem me rouba a solidão sem em troca me oferecer verdadeira companhia”. Pense que muitas vezes estamos acompanhados sentindo infinita solidão.

Aprenda e aprecie estar ao lado do seu melhor companheiro, você mesmo, poder se libertar deste medo que lhe assombra e estar preparado para amar e ser amado intensamente.

Grande abraço,

Margareth Signorelli
Especialista em Relacionamentos
Pós Graduada em Sexualidade pela FMUSP
Gold Stardard e Optimal  EFT Terapeuta

Você também pode gostar

Deixe um Comentário

Devido ao grande número de comentários recebidos nas postagens, criei o SOS RELACIONAMENTOS para poder lhe ajudar da melhor forma, saiba mais e tenha sua dúvida respondida clicando aqui.