Frustração

Frustração

É um sentimento difícil de ser identificado, pois acabamos o confundindo com raiva. Na raiva sentimos o senso de injustiça e na frustração a incapacidade de alcançarmos o que queremos ou desejamos.

Quando nos sentimos deste modo em alguma área de nossa vida, profissional ou intima, pensamos: “Sinto que estou dando murro em ponta de faca ou que estou batendo a cabeça em uma parede que não se move”.

Não posso deixar de lembrar a frase “A definição de insanidade é fazer sempre a mesma coisa e querer que os resultados mudem”. Lembre-se que frustração não necessariamente esta ligada a fazer mais do que já estava fazendo, mas sim fazer algo DIFERENTE.

Sentimos que é um desperdício de esforço, uma vez que depositamos energia em algo e não vemos resultados ou soluções aparente.

Quando estamos em uma situação em que queremos mudanças e não estamos felizes, temos 5 opções: Vamos imaginar que queira mudanças no seu relacionamento, suas 5 opções são:

1) Mudar a pessoa: Ninguém muda ninguém, mas muitos tentam e acabam se frustrando dizendo: “Ele nunca vai mudar”.

2) Se adaptar a situação: Relaxar e não reclamar- Acomodamento. Quando verdadeiro é positivo, senão acaba se transformando na nossa 4ª e pior opção.

3) Desistir: Se afastar, mas lembre-se você vai junto e se o problema for você, logo ressurgirá em sua próxima relação.

4) Sofrer, mas ficar: Acredito que esta seja a pior opção, pois você estará em conflito aceitando algo que vai contra o que você quer. Cuidado! Seu corpo responderá com manifestações indesejadas se você não cessar o embate.

5) Você mudar: Quando mudamos nossas atitudes as respostam também mudam, é assim que funciona.

Como fazê-lo?

Quando temos um problema ele fica no Campo Mental

1) CAMPO MENTAL: Aqui estamos guiados pela emoção. Precisamos jogar o problema para o PRE-CORTEX (parte do nosso cérebro com função de racionalizar informações) para ser analisado sensatamente, sem emoções.

Como?

2) Escreva precisamente a CAUSA das suas preocupações – NÃO AS CONSEQUÊNCIAS (estas estão no campo mental)

Ex: escreva – Meu namorado anda bebendo demais.

Não escreva – Ele esta tendo reações indesejadas e acho que vou terminar com ele por isto.

3) Escreva 3 OPÇÕES para resolver o problema.

Quanto mais você pensar mais soluções aparecerá porque estará fazendo mais sinapses no cérebro.

Ex:

– Conversar sobre o assunto

– Sugerir ajuda

– Deixa-lo.

4) DECIDA o que fazer – Escolha por uma das opções que escreveu acima.

5) Coloque imediatamente a decisão em PRATICA (energia no lugar certo).

Anular-se e aceitar o que não queremos não transforma o cenário do que pretendemos mudar. Mudanças requerem observação, organização, planejamento e ação.

Pode dar um pouco mais de trabalho, mas não frustração.

Tenha uma ótima semana!

Você também pode gostar

Deixe um Comentário

Devido ao grande número de comentários recebidos nas postagens, criei o SOS RELACIONAMENTOS para poder lhe ajudar da melhor forma, saiba mais e tenha sua dúvida respondida clicando aqui.