Os 3 Ps que podem dar origem às nossas doenças ou prováveis acidentes

Os 3 Ps que podem dar origem às nossas doenças ou prováveis acidentes

Como assim? Nas doenças muitas vezes conseguimos identificar suas causas, como resfriados, por exemplo, mas acidentes parecem impossíveis.

Gay Hendricks, americano PH.D em psicologia classificou os 3 Ps como prováveis origens das doenças ou acidentes que nos ocorrem.

Já tentou pensar o que estava acontecendo na sua vida quando torceu o tornozelo e ficou engessado por semanas ou quando pegou aquela gripe que lhe deixou de cama por 15 dias?

Travar as costas quando não concordou com algo e não fez nada para manifestar sua opinião ou mesmo quando precisa parar para pensar e reequilibrar sua vida. Dores no ombro ou garganta quando precisa dizer algo a alguém e não o fez. Torcer o pé quando perde o emprego ou um ente querido.

Racionalmente pensando pode parecer impossível, mas se observarmos mais de perto, podemos encontrar respostas claras e reveladoras. Também pesquisas feitas nos EUA comprovam que o sentimento de raiva pode deprimir o seu sistema imunológico em até 6 horas. O tipo de raiva que não podemos fazer nada para mudar a situação e nos frustramos, não aquela que nos dá forçar para tomar atitudes contra o que não concordamos.

Vamos aos Ps.

1) Punição
Muitas vezes nosso subconsciente acaba nos punindo por algo que fizemos que foi contra nossos princípios ou valores. Afetam nossa saúde como punição. Nem sempre percebemos a ligação e não nos alertamos para as consequências. Debilitamo-nos e nosso corpo sofre pelos nossos conflitos internos.

2/3) Prevenção e Proteção
Os dois normalmente acontecem juntos. Quando você esta doente, perceba se inconscientemente não esta tentando se prevenir de ter ou fazer o que não quer ou se proteger de algo que não quer sentir.

É o modo desajeitado do seu subconsciente de preveni-lo ou protege-lo, imaginando que esta lhe fazendo um favor, às vezes muito custoso.

Mas como administrar tudo isto?
Tenha consciência dos acontecimentos da sua vida com mais profundidade. Um dos maiores desafios que encontro todos os dias com meus clientes é entenderem seus sentimentos e administra-los produtivamente.

– Fale o que precisa ser dito

– Nas perdas não resista, aceite.

– Manifeste-se se não concordar com algo.

Viver a vida consciente do que quer e entender que se não concordar com algo precisa manifestar sua opinião ou aceitar genuinamente o que não tem poder para mudar.

Muitas vezes as consequências externas não manifestam sua resistência ou desagrado, mas internamente seu corpo, sábio que é, estará trabalhando a seu favor, mesmo que para isto precise adoece-lo.

Tenha uma ótima semana!

Você também pode gostar

Deixe um Comentário

Devido ao grande número de comentários recebidos nas postagens, criei o SOS RELACIONAMENTOS para poder lhe ajudar da melhor forma, saiba mais e tenha sua dúvida respondida clicando aqui.