Reconhecimento

Reconhecimento

Assistindo ao Oscar esta semana comecei a imaginar como estariam se sentindo alguns dos atores e atrizes como Meryl Streep ou Leonardo Dicaprio. Meryl, 18 vezes indicada, Leonardo 4 e saíram sem seu premio de reconhecimento.

Me levou a pensar em quantas vezes, desde nossa infância, fazemos ações ou mesmo trabalhos esperando que nossos pais, educadores, companheiros, amigos percebam o valor do mesmo e se manifestem. Não só se manifestem, mas com a mesma empolgação que sentimos quando temos nosso trabalho executado e terminado.

O que isto, na maioria das vezes nos gerou? Frustração, decepção, tristeza, desapontamento e desanimo. Mas o que fazer? Como conseguir evitar o desinteresse de quem estávamos esperando retorno por algo que nos custou tanto na elaboração e dedicação?

Minha sugestão:
Foque em cada um dos seus objetivos e propósitos. Motive-se e dê o melhor de si. Estude, produza, faça acontecer e o faça com esforço e devoção. Busque o seu melhor em cada projeto que fizer.

Esperando a aprovação e apreciação dos outros acabarão lhe tornando uma pessoa ressentida e magoada. Imagine quanto a humanidade teria perdido se atores que vimos no Oscar ou grandes artistas como Leonardo da Vinci não tivessem usado suas qualidade e habilidades pelo medo de não serem reconhecidos como esperavam.

Olhe para frente e continue criando. O escritor Marc Allen no livro As you Think diz:

 “Você se tornará tão grande quanto sua inspiração, se você pegar sua visão e executa-la, você a realizará”.

Foque no que quiser realizar e você se tornará a consequência dos seus pensamentos e suas intenções e ai cada apreciação que vier de fora será benvinda e agradecida, mas não será essencial para sua própria realização e contentamento.

Tenha uma ótima semana!

Você também pode gostar

Deixe um Comentário

Devido ao grande número de comentários recebidos nas postagens, criei o SOS RELACIONAMENTOS para poder lhe ajudar da melhor forma, saiba mais e tenha sua dúvida respondida clicando aqui.