RELACIONAMENTOS INTERDEPENDENTES/CODEPENDENTES

RELACIONAMENTOS INTERDEPENDENTES/CODEPENDENTES

Quando procuramos alguém para nos relacionar temos em mente uma relação saudável e agradável que nos faça sentir bem e queridos pelo outro.

Mas o que seria uma relação saudável?

A relação saudável é aquela em que somos seres independentes/interdependentes. Mas o que significa isto?

Ser independente é se amar, se admirar, gostar de si mesmo em primeiro lugar. Se conhecer profundamente, trabalhar suas feridas e relacionamentos passados. É estar em harmonia consigo mesmo.

Algumas pessoas começam uma relação trazendo ou pedindo para que o outro supra suas carências ou cure suas feridas, construindo uma relação de codependência.

Imagine duas linhas verticais uma perto da outra que representam duas pessoas. Estas duas pessoas estão lado a lado, olhando para o mesmo horizonte. As duas estão olhando com seus próprios olhos, alinhadas com seus objetivos e fitando a mesma direção um do outro. Estes dois são seres independentes que podem ser interdependentes – É o cenário ideal.

Outra situação em que duas pessoas estão lado a lado e uma delas, vez ou outra, se inclina e cambaleia sobre a outra pessoa, fazendo com que esta perca o equilíbrio. Temos uma situação de certa Codependência.

Em uma terceira situação onde existe uma Total Codependência, fazendo com que as duas linhas colapsem, uma em cima da outra. Não existe a possibilidade de uma pessoa poder aguentar o peso de outro adulto em seus ombros sem se desconectar dos seus próprios objetivos. Isto destruirá os dois.

Para que um relacionamento tenha sucesso é absolutamente imprescindível que as duas pessoas tenham seus propósitos independentes, senão elas criarão uma Codependência ou buscarão sua independência um do outro.

No caminho da relação às vezes uma pessoa está focada no seu próprio objetivo e a outra está à procura. Isto é positivo, pois ambos podem se ajudar. Mas em muitas delas, enquanto um tem uma meta o outro não se preocupa em buscar sua própria e acaba sugando as forças e a energia do seu companheiro a ponto de destruí-lo ou destruir a relação. É aquela pessoa que quer atenção, cuidados, ajuda e não consegue se imaginar sem alguém que a suporte nas suas inseguranças e necessidades.

Quando encontrar alguém, se pergunte: “Esta pessoa tem seu propósito de vida e juntos podemos olhar para o mesmo horizonte? Cada um com seu propósito dando apoio um para o outro ou dependerá de mim e será um grande peso?”.

Antes de qualquer coisa tenha seus próprios objetivos e metas. Não seja um peso na vida de alguém, mas sim um grande incentivo, para que juntos, somando às suas independências, possam ter uma relação interdependente e ir além do que podiam imaginar.

Grande abraço,

Margareth Signorelli
Especialista em Relacionamentos
Pós Graduada em Sexualidade pela FMUSP
Gold Stardard e Optimal  EFT Terapeuta

Você também pode gostar

Deixe um Comentário

Devido ao grande número de comentários recebidos nas postagens, criei o SOS RELACIONAMENTOS para poder lhe ajudar da melhor forma, saiba mais e tenha sua dúvida respondida clicando aqui.